PT|

EN|

FR|

IT|

RU|

ES

Marca :: ABPM

ABPM participa da posse do novo Diretor-Geral da ANM

Publicada no dia 05 de Dezembro de 2022

ABPM participa da posse do novo Diretor-Geral da ANM

Mauro Sousa destacou a importância de fortalecer a ANM   com estrutura necessária para cumprir suas atribuições, tanto regulatória como de fiscalização.  

Dirigentes da ABPM prestigiaram a posse de Mauro Sousa, novo diretor-geral da Agência Nacional de Mineração (ANM), realizada nesta segunda-feira (5/12), no auditório do Ministério de Minas e Energia, em Brasília.  Sousa terá mandato de cinco anos e substitui Victor Hugo Fronner Bicca.

A solenidade de posse renuiu autoridades, servidores da ANM e do MME e representantes de empresas dentre outros convidados.  A ABPM esteve representada na cerimônia pelo presidente do Conselho Deliberativo da entidade, Luiz Maurício Azevedo, pelo conselheiro e diretor executivo, João Luiz Nogueira de Carvalho, pelos conselheiros Maurício Gaioti, Marcos André Gonçalves e Luiz Antônio Vessani, também por Wilson Borges, diretor Financeiro; e pelo gerente executivo Miguel Nery.

Em seu discurso de posse, Mauro Sousa destacou a importância de fortalecer a ANM   com a estrutura necessária para cumprir suas atribuições, tanto regulatórias como de fiscalização.   “De todas as agências reguladoras do Brasil, somos a mais nova, a que tem menor estrutura e a que mais precisa de atenção se for comparada a demanda que lhe é requerida”, afirmou o novo diretor-geral da ANM.

Sousa comentou ainda a necessidade de atualizar a legislação do setor de mineração para criar um ambiente de negócios com segurança jurídica e previsibilidade, além de conciliar questões ambientais. “Temos inúmeros desafios para enfrentar e vamos fazer isso com uma gestão moderada”, disse Sousa.  

O presidente do Conselho Deliberativo da ABPM, Luiz Maurício Azevedo, avalia que chegada de Mauro Sousa na Diretoria Geral da ANM é uma sinalização positiva para o setor.

“Foi muito importante ouvir alguns pontos na fala do novo diretor geral, particularmente na forma de como ele deseja trabalhar, ouvindo as entidades, o empresariado e a equipe da ANM para reduzir a burocracia, dando ênfase a agilização dos processos e principalmentedo respeito que demostrou ao empreendedorismo e da consciência que ele tem dos efeitos que uma má gestão regulatória pode trazer para o empreendedor”, destacou Azevedo.

 

Mauro Sousa é Advogado de carreira da AGU, graduado em Direito, pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, e com especialização em Políticas Públicas e Gestão Governamental nos Setores Energético e Mineral, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Possui ainda diversos cursos complementares nas áreas de gestão, de direito e do setor energético, e nos últimos anos atuou na Consultoria Jurídica do Ministério de Minas e Energia.